A Noite do Puffle Zumbi #4

Hello pinguins! Fefezinh digitando!

Hoje, no penúltimo capítulo da minissérie 'A Noite do Puffle Zumbi'! No último capítulo, Jonnh faz uma nova amizade peluda (e muito fedida!) e sou capturada por estranhas criaturas. O que será que pode acontecer? Cliquem em "Continue Lendo" e saibam mais:


Jonnh anda pelo cemitério, gritando por seus amigos.

- Pessoal? Joaninha? Fefezinh? ALGUÉM AI? - diz Jonnh, enquanto Kenny o acompanhava ao lado dele, junto com o puffle zumbi. - Que porcaria, justo quando eu descubro que você é real, ninguém aparece para ver que eu estava certo...

Kenny fazia careta para o puffle zumbi, com certo ciúme.

Longe dali...

Joaninha e Skine andaram por grande parte do cemitério, e ainda não acharam o Jonnh.

- Droga, onde está ele?? - pergunta Skine, já cansado. - Meus pés estão doendo de tanto andar!

- Não sei...quem sabe ele tenha sido inteligente e ido para casa. - diz Joaninha. - Também estou exausta, vamos embora...

Então eles ouvem um grito alto.

- SOCORROOOOO! - grita uma voz feminina. A voz era de Fefezinh!

- Uou, ouviu isso?! - diz Joaninha, assustada.

- Fefezinh! Ocorreu algo errado! - diz Skine, e os dois correm em direção a voz, mas logo tropeçam em algo branco e duro. - AI! Maldita pedra branca!

- Er...Skine? Isso não é uma pedra branca... - diz Joaninha, logo se afastando. Eles haviam tropeçado em um esqueleto de pinguim, todo branco, sem carne nenhuma, puríssimo e branco como vela.

- Ai senhor do peixe defumado! - grita Skine, se afastando. - Temos que sair logo daqui.

- Sim e... - Joaninha sente alguém lhe segurar o pé com força. - Skine, para de segurar meu pé, está assustado tanto assim?

- Joaninha, eu não estou segurando seu pé! - diz Skine, então ele olha para baixo e fica horrorizado. O esqueleto estava segurando o pé de Joaninha! - Er...Jo?

Joaninha olha para baixo, e logo treme, sacudindo seu pé e jogando o esqueleto longe. O esqueleto se levanta, sem olhos, sendo o antigo lugar deles apenas ocos vazios. Ele se levanta e abre bem suas mandíbulas estragadas.

- MORTAISSSSSS! - grita o esqueleto. Joaninha e Skine gritam e logo correm para longe.

No bosque...

- Socorro, SOCORRO! - grita Fefezinh, correndo das criaturas fedidas que seguiam ela, mas as criaturas as cercam. - Por favor, me deixem em paz...

Uma das criaturas fica a mostra na luz, e logo fica claro que criaturas eram: zumbis! Fefezinh se levanta e começa a andar para trás, se afastando, mas há vários zumbis atrás dela também. Ela não havia escapatória.

- Calma ai, garotinha... - diz um dos zumbis, gargalhando e cuspindo gosma verde de sua boca, que pingava no chão de terra fria. - Não vamos fazer nada de ruim com você, só iremos te devorar inteira.

- ME DEVORAR? - grita Fefezinh, horrorizada. Ela ergue as nadadeiras em pânico.

- É, você parece meio magrinha, mas crocante também. - diz outro zumbi, parecendo não comer há séculos. Ele estala a sua língua verde, faminto.

"Por favor, alguém me ajude..." pensa Fefezinh, tremendo. Logo nota um zumbi estranho entre as criaturas, parecia alguém familiar: Gui. Ele pisca rapidamente para Fefezinh, e ela logo entende que ele estava disfarçado e que iria ajudá-la. Ela sorri, um sorriso que logo disfarça...

Longe dali...

Joaninha e Skine ainda corriam, até esbarrarem em Jonnh.

- AI! - diz Joaninha, caida no chão. - Jonnh?! Até que enfim te achamos, temos que sair daqui e...

Joaninha e Skine olham o puffle zumbi, e os dois gritam, ambos se levantando e recuando.

- Calma, se acalmem! Ele não vai machucar vocês! - diz Jonnh. - Ele é um puffle legal...

- Puffle legal? Já não basta o Kenny, vai ficar com um puffle morto vivo? - diz Joaninha, balançando a cabeça.

- Temos que sair daqui, lembram? - diz Skine. - Acabamos de ver um esqueleto vivo! Ele tentou nos pegar!

- Esqueleto vivo? Puxa... - diz Jonnh. - Ei, espera, cadê a Fefezinh e o Gui?

- Nós nos separamos. Fefezinh foi procurar o Gui e... - começa Joaninha, mas eles ouvem um barulho alto vindo de uma colina no cemitério. Eles olham na direção do barulho e ficam paralisados. Vários zumbis desciam a colina, a procura de carne fresca para tentar dar um fim em sua fome insaciável. Em meio ao pânico que tomava conta deles, Jonnh apenas consegue dizer:

- Nada legal...

Uou! Capítulo bem emocionante em? O que será que pode ocorrer? Confiram no último capítulo amanhã! Arrivederci!

Histórias da Nanda

Atual redator(a) do Yeah Penguin. Seu papel é fundamental para o desenvolvimento de nosso blog!