'Heroicos' Capítulo 13: O Perigo

Oi pinguins! Hoje tem o penúltimo episódio de 'Heroicos' e ele virá com coisas incríveis, porque queremos que os dois episódios finais sejam épicos. Para ver todos os capítulos já lançados clique aqui. Para ler clique em "Continue Lendo".


Penadinha: E ele estava lá morto, mas tinha algo curioso: havia uma pinguina, que era bem bonita e a o mesmo tempo um pouco mal cuidada e ela dizia ser ninja e procurar Pink.
Joaninha: Nossa! Que tragédia.
Penadinha: Pois é. E quem é Pink? Nossa! Você é a Pink, obvio.
Joaninha: O que?
Penadinha: Você fica com cabelos rosas e suas roupas também tem detalhes rosas e você representa a força feminina.
Joaninha: Ela não se referia a mim, mas agora falando de assuntos sérios, eu ainda não tive tempo de olhar a pasta e quero descobrir o que ele esconde sobre os pais dele - então ela pegou a pasta no piso falso de baixo de sua cama e abriu, quando fez isso teve uma surpresa. - Nossa! Está sem nada, que estranho.
Penadinha: Hmm... É estranho mesmo. Ah, já sei, isso é tipo o pergaminho do dragão de Kung Fu Panda, o segredo é você.
Joaninha: Penadinha você é bilíngue, fala português e várias bobagens. Bom, depois vemos isso, temos que até a reunião da EPF, eu tenho que noticiar e você trabalhar, vamos.
E elas foram até a sede, onde estava Gary no palco e vários pinguins assistindo.
Gary: Bom, o maior inimigo da EPF e a maior ameça da Ilha, Herbert, foi encontrado morto, poderíamos ficar tristes e um pouco tranquilos também, mas ele foi assassinado e o assassino dele está a solta e se ele foi de capaz de mata-lo de forma tão covarde e cruel, pode ser capaz de fazer coisas bem piores, mas não se preocupem, a EPF cuidará do caso.
Joaninha/Gamma Gal: E eu também. - falou ela flutuando com a nadadeira para cima e transformada em heroína, quando fez isso muitos flashs das câmeras foram em cima dela.

No Esconderijo de Herbert....

Investigador Phineas: Pronto, aqui estamos.
Pinguina Estranha: Que palhaçada é essa? O que estamos fazendo no esconderijo do urso bobão? Você trabalha para ele, já devia ter desconfiado.
Investigador Phineas: Não, digamos que ele trabalha para mim, ou pelo menos trabalhava.
Magma: E o que quer de nós?
Phineas: Seus poderes. - e ele voou e tirou um controle de seu bolso, depois apertou o botão e uma fumaça tóxica saiu e eles ficaram embaixo tossindo e desmaiando. Depois disso ele transferiu os poderes e os deixou lá desacordados.

No Centro...

A EPF e a polícia patrulhavam no Centro. E Joaninha estava fechando o jornal com Pingwes e Penadinha a esperava no corredor.
Pingwes: Jo, eu fiquei com você por esse tempo e sou do seu planeta, acabei percebendo que nós somos feitos um pro outro, então, se você quiser, podemos ficar juntos.
Joaninha: O que?! - disse ela surpresa e sem jeito.
Pingwes: Não vou força-la, darei tempo para pensar, mas saiba que eu te amo. - ele a beijou na testa e saiu. Joaninha saiu abismada da sala e encontrou Penadinha com um sorriso idiota.
Joaninha: Peny, você viu isso? - perguntou sem graça.
Penadinha: Siiiimmm. E aí, irá ficar com ele?
Joaninha: Bom, eu não sei e não quero pensar nisso agora, o perigo está a solta e precisamos encontra-lo, vamos. - E elas foram, a polícia ficava de guarda perto dos iglus, a EPF entrava nos becos e em lugares movimentados com suas motos incríveis e equipamentos sensacionais. Joaninha voou para ver se achava algo estranho, mas também havia helicópteros e os agentes sobiam nos prédios com cordas ultra resistentes. Ela desceu pra falar com Skine e Pena.
Skine: E aí Jo Jo, alguma novidade?
Joaninha: Infelizmente não.
Penadinha: Vem procurar comigo. - Joaninha disse que tudo bem e foi com ela, elas foram numa sala atrás do café onde Psyco cantava "You got this", era escuro e daria um bom esconderijo, Psyco parou de cantar de repente, alguém tinha descido correndo as escadas. Joaninha preparou os poderes, mas quem abriu a porta foi Jonnh.
Penadinha: Ah, é só o Jonnh.
Jonnh: Valeu pela recepção Pena. Jo, eu vim porque preciso falar com você, sabe eu sou um pouco tímido com essas coisas, mas eu sempre senti desde o inicio e escondia, mas agora com todos esses problemas eu vi que posso perder a vida e que tenho que aproveita-la, então quero que saiba que eu te amo. - falou ele e a beijou. Depois foi embora correndo. E deixou Joaninha sem graça na frente de Peny mais uma vez e dessa vez Psyco também observava e disse que ela devia ir em frente, porque com ela não tinha nenhum pinguim que preste e que só queriam ficar com ela por causa de sua beleza incrível.
Joaninha estava completamente perdida, mas tentou focar nas buscas e ignorar Penadinha. No Centro ela encontrou a Policial Fefezinh.
Policial Fefe: Sei que é estranho você ter poderes, mas não devia ter agido assim, sabe eu fiquei com raiva, mas percebi que sua amizade é importante e que a polícia e os heróis são mais fortes juntos, então me desculpe. - falou ela e a abraçou.
Penadinha: Uau Jo! 3 em uma noite só. Eu escolheria o Pìngwes, ele me pareceu o mais determinado.
Joaninha: Que?! - ela ia falar quando foi interrompida por um clarão no céu, era o Investigador Phineas.
Fefezinh: Phineas?!
Penadinha: Conhece ele?
Fefezinh: Sim, eu já... Isso não importa.
Investigador Phineas: Sim, sou eu. Estou cansado de perder e vou acabar com essa lha agora. - falou ele lançando raios laser dos olhos nos agentes que estavam em cima dos prédio, destruindo iglus, desviando dos tiros mais rápido que a sombra e rindo porque seu plano estava dando certo e ele estava só começando.

E assim se encerra esse episódio e a continuação será próximo domingo as 16:00h no Brasil e 20:00h em Portugal e marcará o encerramento da série. Podem enviar mensagens e desenhos que eles irão aparecer e contem o que acharam desse episódios nos comentários. Até mais!





Gabriel Fernandes

Atual redator(a) do Yeah Penguin. Seu papel é fundamental para o desenvolvimento de nosso blog!