'Heroicos' Capitulo 3: A Festa

Olá pinguins! Aqui é Skine. Hoje temos um novo episódio de 'Heroicos', que está muito interessante... Com mistérios, ação, algumas partes tristes e outras engraçadas. Se não  viu  ou quer ver de novo os capítulos anteriores clique aquiSe já viu, leia o novo episódio, e boa diversão.


Joaninha queria falar com ele para confirmar, mas se ela fizesse isso e ele não fosse seu irmão podia achar que ela era maluca ou ela podia revelar o segredo a um estranho. Então ela decidiu só pedir desculpas pelo acidente.
Joaninha: Desculpe, eu estava distraída.
Skine: Tudo bem, não foi nada.
Até que Penadinha chega correndo, ela descansa respira um pouco e fala.
Penadinha: Acho que sei quem fez isso, com certeza foi um pinguim.
Skine: Peny, se não fosse um pinguim o que seria?
Penadinha: Podia ter sido aquele urso malvado que eu não sei o nome ou também poderia ser um puffle amarelo, eu não confio neles.
Skine: Um puffle não conseguiria carregar invenções e o urso, que se chama Herbert, não entrou aqui porque a segurança estava reforçada hoje, só pode ter sido um pinguim.
Penadinha: O nome do meu tio também é Herbert, ele trabalha no aeroporto dos pinguins, por falar em nome qual é o dessa garota? Desculpe minha falta de educação é que é a primeira vez que venho na “EPC” e estou muito animada.
Joaninha: kkk é EPF e meu nome é Joaninha, mas pode me chamar de Jo.
Penadinha: Prazer Jo, sou Penadinha e esse é Skine, e é EPF mesmo? Isso aqui era muito mais fácil quando se chamava ASP.
Quando Joaninha ouviu que o nome dele era Skine, ela acreditou, pois era esse o nome que tinha dado ao irmão no orfanato, ele não se lembrava dela porque era muito pequeno na época, mas mesmo assim Jo preferiu não arriscar, mas precisava saber se era ele ou não, tinha que ter certeza, até que quando Penadinha estava falando ela percebeu a oportunidade perfeita.
Penadinha: ... a piscina de lá é enorme, é tão incrível que vamos dar uma festa.
Joaninha: Festa?
Penadinha: Sim, você quer ir? Sei que é estranho convidar alguém que acabou de conhecer, mas esse é o objetivo da festa, por isso convidei váriaaasss pessoas.
Skine: Você o que?!
Joaninha: Eu vou. – Falou ela dando risada. Depois pegou as informações e foi embora.

Na noite da festa...

Jonnh foi pegar ela com seu carro e ela saiu do iglu com um lindo vestido.
Jonnh: Uau! Você está linda.
Falou ele sem pensar e ela, sem graça, respondeu.
Joaninha: Obrigada.
O carro não era muito veloz e ficou pior na neve que estava caindo bem forte, até que quando estavam passando pela saída da Vila Belwwil, onde ficava o iglu de Jo, o carro bateu em um tronco.
Joaninha: Oh, não! E agora?!
Jonnh: Calma, vou tentar dar a volta.
Só que quando ele colocou a chave o carro não saía do lugar. Ele ficou com raiva, mas se acalmou e falou com ela.
Jonnh: Calma, eu tenho uma caixa de ferramentas no porta-malas, vou pegar.
Então ele saiu e abriu o porta-malas que estava uma bagunça, quando achou a caixa de ferramentas viu algo se mexer de baixo de um lençol velho, ele ficou assustado, então pegou uma ferramenta para se proteger e tremendo puxou devagar o lençol, quando viu que o que estava era Kenny. Ele fez uma cara de bravo e Kenny deu seu sorrisinho sarcástico.
Jonnh: Por que eu não posso ter um puffle normal?
Joaninha saiu do carro e veio para perto de Jonnh.
Joaninha: Você ouviu isso?
Jonnh: Ouvi sim, é só o Kenny.
Joaninha: Não estou falando disso, estou falando das vozes.
Jonnh: Vozes?! – Perguntou ele assustado.
Joaninha: Sim, não está ouvindo, está vindo da floresta. – Então ele se aproximou um pouco e ouviu então Jo entrou pelos arbustos na floresta e ele a seguiu com medo. Até que ela viu algo e puxou ele pra baixo.
Era Herbert, ele estava conversando com algum pinguim que usava uma capa preta, eles tentaram ver quem era mas não conseguiram. E Klutzy veio na direção de Jonnh.
Jonnh: Sai... Sai. – Falou ele baixinho, mas Klutzy continuou insistindo e beliscou a nadadeira dele com suas garras afiadas.
Jonnh: AAAAHHHH!
E Herbert o viu, com isso o pinguim misterioso saiu correndo pela floresta e Herbert foi atrás de Jonhh, que tentou fugir, mas foi pego pelo pescoço.
Herbert: Ora, ora, ora. Veja só o que temos aqui, sua mãe não lhe ensinou que não deve se meter onde não é chamado.
Joaninha saiu engatinhando para o carro, mas ele a viu também.
Herbert: Onde sua amiga vai? Ainda nem começamos. – Falou ele apertando Jonnh, que estava com medo. E depois mandou Klutzy ir atrás dela.
Então ela se levantou e começou a correr mais rápido, só que Kulutzy era mais. Ele agarrou o pé dela, que começou a sangrar, mas ela o chutou para trás e continuou, ele se levantou e com raiva foi atrás dela, que estava quase sem fôlego de tanto correr, e pulou nas costas delas agarrando-a pelo cabelo e ela caiu e saiu embolando na neve até que bateu no pneu do carro. Ela tentou se levantar, mas não conseguiu e Herbert chegou até ela.
Herbert: Achou que podia escapar de mim? Agora sinta a minha fúria.
Ele foi bater nela quando Kenny pulou nele e começou a morder e puxar seu pelo, ele gritou e caiu para trás. Então Joaninha entrou no carro com dificuldade e pegou sua mochila, ela ficou procurando algo dentro da mochila enquanto Kenny continuava a ataca-lo.
Herbert: KLUTZY! Não fique aí parado, ME AJUDE. – Gritou ele.
E Klutzy tirou Kenny da cabeça dele com suas garras e jogou o puffle na neve. Então Herbert se levantou e foi até  Kenny que estava no chão deitado.
Herbert: Agora você vai ver seu puffle miserável. – E ele agarrou Kenny e apontou seu grande braço para ele, quando Joaninha saiu do carro com o cinto que a dava poderes. Ela tinha trazido no caso de Skine ser mesmo o seu irmão.
Joaninha: Largue ele se não... – Ela foi interrompida por ele.
Herbert: Se não o que? – Falou ele com sarcasmo.
Joaninha: Isso. – Falou ela tocando no cinto e se transformando na incrível Gamma Gal.
Herbert: Há, há, há! Garota eu não tenho tempo para suas brincadeiras de super-herói.
E ele foi dar um murro em Kenny, então Joaninha colocou as nadadeiras pra frente e lançou dois raios em cima dele que saiu voando e se bateu numa árvore.
Joaninha: Vamos antes que ele volte. – Falou ela para Jonnh que estava ferido no chão.
Jonnh: Mas... o carro. – Respondeu ele com dificuldade.
Então ela foi abriu o capo do carro e fez pequenos raios saírem de suas nadadeiras e as encostou no motor que voltou a funcionar depois disso. Então ela pegou Jonnh e botou no banco da frente e Kenny no porta-malas e acelerou para dar a volta na árvore, só que Herbert pulou no porta-malas e fez o carro ficar descontrolado, para acabar com isso Jo deu ré e atropelou ele que gritou e ficou no chão. Então ela acelerou e conseguiu fugir.
Herbert: Vocês vão me pagar. Mexeram com o urso errado. – Falou ele furioso deitado na neve e ficou resmungando até viu algo colorido no chão, era Kenny, que tinha caído pelo buraco que ele fez no porta-malas quando pulou.
Ele pegou Kenny e falou para Klutzy que essa era a oportunidade que ele tinha de conseguir aqueles poderes.

No Iglu Mansão de Skine...

Joaninha e Jonnh chegaram à festa que estava o maior barulho e Penadinha quando os viu foi recebê-los.
Penadinha: Por que estão fantasiados de zumbis? Ainda faltam alguns meses para a Festa de Halloween.
Joaninha: Não estamos fantasiados de zumbis, fomos atacados pelo Herbert.
Skine chegou furioso.
Skine: Penadinha! Quando disse que podia dar uma festa não precisava convidar a ilha inteira. – gritou ele.
Penadinha: Eu não convidei a ilha...
Um pinguim chegou para falar com Penadinha, ele estava com shorts de banho e com uma limonada chique.
Pinguim que estava na festa: Err... Com licença, pode tirar da piscina os pinguins que estavam tempo demais.
Tia Artic, que estava de biquíni, chegou furiosa também.
Tia Artic: Escute aqui seu baixinho metido, eu e o pessoal acabamos de entrar, tenha paciência e espere sua vez.
Jonnh e Joaninha ficaram espantados.
Jonnh: Tia Artic até a senhora?
Tia Artic: Que foi? Só porque sou idosa não posso me divertir? E o que houve com vocês?
Joaninha: Fomos atacados pelo Herbert.
Skine: Pelo Herbert?! Aquele urso do mal está aprontando alguma, eu vou atrás dele e se eu pegá-lo a coisa não vai prestar.
Penadinha: Calma, eu vou pegar uns remédios e uns curativos para vocês.

No covil do Herbert...

Herbert pega Kenny e bota em uma prisão de vidro pequena do lado da de Pink.
Herbert: Você viu Klutzy? Se eu tiver aqueles poderes não controlarei só esse planeta idiota, contralei todo o universo.

Klutzy não prestou muita atenção pois estava olhando com raiva para Kenny.

Continua no próximo episódio...

Muito legal, não? Conte nos comentários o que acha da série!

Gabriel Fernandes

Atual redator(a) do Yeah Penguin. Seu papel é fundamental para o desenvolvimento de nosso blog!